ZUZU FONTES

PLUS SIZE MODEL

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Engordei, e daí?


Um namorado anos atrás não quis voltar o namoro que eu tanto desejava, o motivo:meus muitos quilos a mais.Mas, repensando com meus botões, se meu corpo não cabe na cabeça dele, ela é pequena demais e portanto não cabe na minha!
Engordei e amo minha adiposidade, pois como tudo o que quero como quero e sem culpa;
visto a roupa que quero, e claro que são largas: confortáveis, nada me aperta,
a não ser meu namorado, gatoso, que ama meus peitos caídos, sem compromissos com sutiens.
Não sou mais escrava da moda, das saídas de praia pois moro em frente a uma e a praia é minha melhor saída. E é a minha entrada...Comprei uma prancha de body boarder e não sou ridícula, sou apenas...excêntrica.Se fosse com 35 anos cairia nesta denominação.Mas com 44, não me cai mais bem nem a palavra...
Sou velha, posso tudo, como os anos me fizeram bem!Posso dizer qualquer coisa a qualquer pessoa, pois, não se não entenderem e são novos, tomam-me por louca, e se forem sábias, de gênio, neste tênue lastro.Na bagunça de meu passado não há ordem,no meu quarto o único pânico é um programa de TV que assisto vez em quando.
Bom envelhecer, engordar, da vida levar a melhor, deixar o pior pra trás.
Muitas vezes o meu pior foi um término de namoro,outras foi ficar sem dinheiro, noutras o abandono de minha família, e em outras a merda que era ser invejada.
Hoje o meu melhor é ser ilha....,que bom ser gorda, ser velha, ser feia.Ninguém quer ser eu, mas admiram somente o que me tornei.Dementes.
Não tenho mais compromissos financeiros com cosméticos,com a balança, com boutiques,com a estética corporal, somente com a prática e com a ética.
Não tenho nem mais compromisso com a gramática, somente com a didática do bem viver.
Posso ler ou não ler.
Posso ter ou não ter.
Mas, o que não posso é deixar de ser.
Principalmente ser eu mesma!
Felizes os anos idos!
Bem-vindo anos futuros e amigos que me tornarão melhores que já sou!
Bem-vinda a minha velhice! Bem idos as minhas velhas mocidades com todas as suas idiotices!

do livro Poemando de ZUZU FONTES.