ZUZU FONTES

PLUS SIZE MODEL

segunda-feira, 19 de julho de 2010

A ERA DA FRUSTRAÇÃO PROFISSIONAL

Acabei de ver na TV uma propaganda de creme dental .E, mostrava uma criança que seria um filho de dentista que viria a ser dentista. Propaganda de Colgate. Dentista que virá a ser dentista...Fico reflexiva, quanto a esta estória, porque tenho dois sobrinhos dentistas e tres sobrinhas farmaceuticas. Duas já formadas e uma ainda concluindo o curso de farmácia.Minha sobrinha não queria fazer farmácia, queria fazer medicina, e não conseguiu lutar por este sonho por vários fatores. Não da nem pra classe media hoje pagar uma faculdade de medicina que custa em torno de três mil reais mensais, quando se tem 3 filhos a educar e pagar os estudos.Estamos por isso fabricando adultos frustrados profissionais. Lembro-me de quando a minha afilhada escolheu enfermagem para fazer a faculdade , minha irmã disse que ela nunca ficaria desempregada, que era uma das profissões do futuro. Pode ser.Nunca desempregada, e será que seria feliz?
Mas, profissões do futuro mesmo são as de psicólogos e psiquiatras que vão em breve atender a esta enorme demanda de  gerações de frustrados profissionais,por falta de dinheiro hoje, falta de perspectiva, de gana ou de apenas não querer contrariar os pais. Estamos formando profissionais frustrados.E, não creio que um profissional frustrado seja um bom profissional.Não acho que uma costureira que veio a ser uma  varredora de ruas seja uma ótima varredora de ruas.Pois até para isso, é necessário  talento. Ela pode varrer a rua,mas varrer a rua bem,não irá fazê-lo.Eu fiz publicidade e não exerci minha profissão, então não preciso ir muito longe para checar isso. Minha irmã é professora porque minha mãe era professora. Mas eu me lembro que sua escolha no vestibular foi arquitetura.Não creio que seja a  melhor das professoras.Temos que ter muito cuidado para não repetir os erros de nossos pais, que preocupados com nosso futuro financeiro, nos incentivava à profissão mais viáveleconomicamente. Que sonho é possível?Nenhum... até que se torne realidade!
Sonhar e acordar com a profissão desejada não tem sido tarefa fácil. Às vezes, não há escola em nossa cidade, dinheiro em nossa família, audácia em nossa pessoa. Vamos fabricando," amodevamosimbora" um monte de frustrados vida afora.E entupindo os divãs e enriquecendo laboratórios de psicotrópicos.