ZUZU FONTES

PLUS SIZE MODEL

terça-feira, 9 de novembro de 2010

SOLIDÃO E DEPRESÃO

Alguém,algum dia vai revirar os anais do mundo moderno através da Internet e terá algo pra ler a respeito de solidão e depressão.A receita do bolo é assim:Acordar de manha e não tem anda pra fazer,não se sabe se agradeço a Deus por isso ou se lastimo.Ligo o PC antes de escovar os dentes e quase que imediatamente a televisão.Vou lentamente pro banheiro-o que é essa dor no pé direito?Tenho que ver isso-escovo os dentes,e vou a cozinha.
O café? Tanto faz se foi passado hoje ou anteontem.As vezes o micro ondas resolve, às vezes só leite gelado resolve, as vezes,vai frio mesmo com pão. Se a depressão não tiver muito ruim,o pão vai a tostadeira.Se for daqueles dias,vai do jeito que está.
Procuro na mente o que tem que fazer e lamento que meus compromissos são somente médicos e ainda esqueço destes.Não sei onde estão os exames, tem que procurar, não dá pra ir hoje...Sem exames.Onde enfiei isso?
Volto pro quarto com a cama ainda desarrumada,pra que arrumar?To voltando pra ela mesmo...
Chegando no quarto a TV já esta ligada num canal qualquer que vc colocou pra te ninar na noite anterior e colocou no off automático.Não presta atenção direito no que ela diz,mas hoje prestei pq os filhos do Michael Jackson estavam lá.
Venho para o computador procurando companhia e leio uns e-mail pra levantar o astral,vou pra outros sites de relacionamentos e vejo que não me relacionado mais, que estão virando monólogos virtuais.A Internet tão lenta em Marataízes.
Cade o remédio de dormir?O que que eu faço agora?Algum trabalho manual,mas como?Cade coragem,energia, vontade?Não,não tenho vontade.
Algum serviço de casa,que a mente e o corpo aguente...Quero um abraço, mas não tem quem dê. Eu choro e volto pra cama.Família?Ficou lá atrás junto com um suposto diagnóstico.
Tranco portas e janelas antes de encerrar isso aqui e corrigir.Como tem erros!Quem recebe meus e mail sem revisão sabe que são como hierógrifos.
Como é difícil conviver com solidão.E, pior,com depressão.
Volto pra cama e almoçarei o "restodontê". A TV vai me consolar,abraçar, informar,e me idiotizar mais uma vez.Debaixo de edredon porque sinto muito frio nas crises de depressão,mas com o ventilador de teto ligado pq o barulho e o vento me lembram aconchego.
Não quero saber do que acontece lá fora,eu sequer sei o que se passa dentro de minha cabeça.Assim é a ciência:vai tão longe e não nos liberta de nossos problemas interiores,nossas amarguras,nossos eus subversivos.